Newsletter
Décor
21 nov 2017

Adoro DE “coração”

Quando o assunto é decoração:

[Eu adoro fotos em preto e branco posando de quadros na parede. Adoro tapetes recortados em formatos diferenciados, amo papel de parede, principalmente se as estampas forem florais. Aprecio os espaços amplos e super clean, moveis colocados estrategicamente como se fossem pecinhas de brinquedo. Quantos as estampas na decoração, me estimula muito misturar preto com verde e dourado, vermelho com rosa, rosa com preto, enfim, ousar, ousar e ousar. Para tanto, ao ver a decoração do apartamento da blogger Danielle Bernstein em Nova Iorque não resisti e resolvi mostrar aqui. O espaço não é grande, porém, super aconchegante, moderno e super clean. Uma inspiração e tanto para mulheres que trabalham muito e não tem tempo para nada.]

Vamos as imagens:

See now, buy now
Betty Rasheed
0 Comentários
FASHION GIRLS
20 nov 2017

LEANDRA MEDINE / ela não é bonita, mas é super estilosa

Quando esteve no Brasil em 2015 para um bate-papo com jornalistas, Leandra Medine, autora do blog ‘Man Repeller’ (em tradução livre ‘repelente de homens), falou sobre diversos assuntos, dentre eles, moda. Aliás, reproduzimos aqui as 5 lições de estilo que ele mencionou nesse bate-papo. Como o título que abre este post “Ela não é bonita, mas é super estilosa”, disso nós não temos dúvidas. E o que chama mais a atenção é que ela sabe como poucas, tirar proveito disso ao invés de ficar se lamentando pelos cantos da vida. Eis o que ela fala sobre:

// SEJA AUTÊTICA:

A palavra-chave do estilo de Leandra é sem dúvida alguma autenticidade. Ela não dá importâncias para regras do tipo “o que vestir ou não”. Mas para isso é importante um segundo tema que está presente o tempo todo no discurso da jornalista e blogueira: confiança em si mesmo. Leandra contou que sua mãe sempre a tratou como uma princesa e seu pai tinha a certeza de que ela a garotinha mais linda do mundo. Mas aos oito anos de idade quando começou a frequentar a escola, tomou consciência de que não era a mais bonita por ali. No entanto, isso não abalou sua autoestima e ainda hoje ela destaca que ela não precisa ser a mais bonita e sim, verdadeira com o seu próprio estilo. “Use o que te faz se sentir bem. O importante é construir uma identidade”, acredita.

// ABUSE DAS MISTURAS:

Na manhã da entrevista, no Museu Casa, na capital paulista, Leandra usava saltos altos e finos dourados (o que muitos classificariam como modelos de festa), jeans de modelagem reta ajustada ao corpo, e uma blusa com fios prata e dourados. Uma combinação fashionista e mesmo assim nem um pouco óbvia. E ela acredita que essas misturas inusitadas também são responsáveis pelo reconhecimento e sucesso do seu estilo. Durante o bate-papo com jornalistas, a ‘man repeller’ contou que quando conheceu o seu marido ele disse que gostava das combinações diferentes de suas roupas. Portanto, não tenha medo de criar, misture estampas, estilos, modelagens.

// TENHA UM MURAL DE INSPIRAÇÃO:

Ainda hoje Leandra tem o seu próprio mural com recortes de revistas e outras inspirações. Ela indica a rede social Pinterest como uma boa ferramenta para reunir essas fotos.”Quando vejo um look que gosto me pergunto: “por que eu amei isso? É a combinação de cores? A modelagem…”

// SEJA ADEPTA DO “SLOW FASHION:

Recentemente, Leandra se declarou adepta do slow fashion – movimento que, além de pregar um ritmo mais  lento, questiona também a quantidade de compras e o destino das peças descartadas. Por isso, reduziu o número de posts diários no blog ‘Men Repeller’ de seis para três. Levando a questão para o estilo pessoal, a ideia é repensar o número de aquisições e investir em peças de mais qualidade ou que, realmente, te façam mais feliz. “Se você tem um guarda-roupa do tamanho de um apartamento, você não sabe mais o que tem.” Essa nova maneira de pensar está intimamente ligada ao que Leandra pensa sobre o futuro da indústria que faz parte: “moda não se refere mais a tendências, é sobre estilo pessoal”.

// APOSTE NO JEANS:

Deixe o jeans falar por você”, afirma Leandra. Ela tem 50 calças jeans em seu guarda-roupa e conta que três delas ela usa quase que diariamente. A peça pode se adaptar a diferentes ocasiões com os acessórios corretos e permitem combinações variadas. No momento, a ‘man repeller’ acredita que os modelos de jeans com inspiração nos anos 70 (com cintura alta e pernas amplas) estão em alta e por um bom motivo: a modelagem favorece o corpo feminino.

See now, buy now
Betty Rasheed
0 Comentários
QUANDO O ASSUNTO É BEAUTÈ
14 nov 2017

#7 vezes para você acertar na base para uma pele aveludada, iluminada e longe de imperfeições

Você também compartilha da opinião de que é muito  difícil falar sobre tipos de base, sem levar em conta fatores como tipo de pele?

Primeiro porque  é preciso conhecer e muito o seu tipo de pele. Se ela é oleosa, seca ou normal. Esses fatores são importantíssimos na hora de comprar cosméticos, principalmente quando o assunto for a base perfeita.  Tanto é verdade que a indústria cosmética está o tempo todo pesquisando e buscando ingredientes para sanar problemas  que envolvam tipos específicos de pele para que o produto final seja eficiente o suficiente para conquistar uma clientela poderosa e ávida por novidades. E como o assunto aqui é base, esperamos que essa mesma indústria desenvolva uma que possa se adequar perfeitamente aos mais variados tipo de pele. Enquanto isso, a melhor coisa a fazer e ir testando algumas marcas até achar a que melhor se assemelha ou que chegue o mais próximo do seu tom de pele. Por isso, estamos aqui para facilitar esse processo de busca. Vale muito conhecer o seu tipo de pele, não só para o uso de uma base como para outros tipos produtos cosmético. Afinal, quando o assunto é beauté nós somos as primeiras a querer saber tudo e mais um pouco.

See now, buy now
Betty Rasheed
0 Comentários
YouTube
Se Inscreva no Canal
Voltar para o Topo
Instagram
@scapethelook

Editado por

Betty Rasheed

Betty Rasheed é graduada em Jornalismo pela PUC-Campinas. Ao longo de sua carreira, acumulou experiências em empresas Nacionais e Internacionais. Na última, permaneceu por 18 longos anos tornando-se uma expert na organização de todos os tipos de eventos, o que a motivou a criar uma empresa de assessoria e cerimonial. Hoje, não sente sequer saudades do mundo corporativo.

Leia Mais